mai 012011
 


[spacer size=”1″]

Qual é a melhor máquina de soldar?

Tenciona comprar uma máquina de soldar e pretende saber qual é a melhor? Eis o meu conselho: equacione a possibilidade de adquirir mais do que uma máquina. Por quê? Porque uma única máquina de soldar não fará tudo tão bem como se tivesse várias máquinas de soldar, visto que cada uma é concebida para realizar uma determinada operação e para a realizar de forma correcta.

As empresas Miller, Lincoln e Esab conceberam, todas elas, máquinas de soldar multiprocesso na tentativa de agradar aos clientes que pretendem adquirir uma máquina de soldar “tudo em um”. Existe até máquinas, fabricadas na China, que, além dessa combinação, possuem também uma máquina integrada para cortar plasma.

[frame align=”center”] Maquinas de Solda
[/frame]

Estamos perante um problema tripartido:

  • É simplesmente impossível controlar todas as mangueiras, cabos, controlos remotos e maçaricos, necessários para realizar soldaduras TIG, MIG e com eléctrodos revestidos;
  • Se a máquina avariar, não poderá fazer absolutamente nada, ao passo que se tiver máquinas independentes para realizar cada operação, poderá, pelo menos, desenrascar-se enquanto a máquina em questão estiver a ser reparada;
  • As máquinas multiprocessos nunca correspondem realmente às expectativas no que diz respeito aos três processos…  um pouco como um velho El Camino que era suposto ser, simultaneamente, um carro e um camião, e que, afinal de contas, acabou por não ser um carro muito bom NEM um bom camião.

Em vez de procurar comprar uma máquina que faça tudo isso, e se comprasse 2 ou 3 máquinas de soldar que não somente representam um valor seguro, bem como máquinas testadas e ajustadas?

Eis algumas recomendações:

  • para soldaduras TIG (Tungsten Inert Gas), ou seja, soldaduras com tungsténio e gás inerte, também conhecidas por soldaduras por arco com protecção gasosa com eléctrodo de tungsténio e para soldaduras com eléctrodos revestidos, opte por  uma Miller Synrowave 250 ou 300;
  • para soldaduras MIG, ou seja, para soldaduras por arco com protecção gasosa, opte antes por uma Millermatic 250 ou uma máquina de soldar MIG de 200 amperes.

Poderá encontrar uma máquina de soldar Syncrowave 250 no Craiglist, site de anúncios, por menos de 2 000 dólares americanos, bem como uma máquina de soldar Millermatic 250 por menos de 750 dólares americanos.

Isto exigir-lhe-á algum esforço e poderá ter de conduzir durante algumas horas, mas poupará centenas, se não milhares de dólares, em vez de comprar máquinas novas ou uma nova máquina de soldar multiprocesso.

[divider top=”1″]

Miller Welding vs. Lincoln Welding – Qual é a melhor?

A empresa Miller Welding é espectacular.

Quando se trata da máquina de soldar que uso, há só uma escolha possível. Poderia optar por usar uma máquina da ESAB, uma máquina da Lincoln Welding, uma máquina da Fronius, uma máquina da Panasonic, entre muitas outras máquinas. Mas escolhi simplesmente um equipamento da Miller Welding. Porquê?

Existem actualmente várias razões, mas a principal razão é a vertente humana. Todos os representantes da Miller Electric com os quais tenho lidado são pessoas com conhecimentos na área e extremamente prestáveis. Após ter visitado a sede principal dos equipamentos Miller Welding, em Appleton, no Wisconsin (EUA), e após ter presenciado os testes rigorosos aos quais as máquinas de soldar são submetidas, fiquei ainda mais convencido de que fazem máquinas de soldar de qualidade.

Participei num seminário orientado para um determinado grupo-alvo, já que, na sua maioria, os participantes eram técnicos especializados na reparação de máquinas de soldar. Todos eles preferiam efectuar reparações nas máquinas de soldar da Miller.

Quando lhes perguntei qual era a razão, todos eles concordaram que o apoio ao cliente e a disponibilidade e fiabilidade das peças eram factores importantes com os quais tinham ficado impressionados.

Tenho soldado com máquinas de soldar da Miller, L-Tec, Linde, Lincoln, Hobart e até mesmo da JC Penney. Honestamente, se alguém as pintasse todas de preto, não tenho a certeza se seria capaz de distinguir algumas a nãoser pelo arco (mas quanto à da JC Penney, isso sim, posso afirmar que seria capaz de a distinguir).

Mas a questão do apoio ao cliente, isso é que faz toda a diferença. Se eu tiver algum problema com uma máquina que ainda esteja abrangida pela garantia, não terei de lidar com nenhum idiota a perguntar-me, ao telefone, o que é que eu fiz de errado. Lidarei, sim, com o representante da Miller Welding a assegurar-me de que irão buscar a minha máquina e enviá-la-ão para a oficina para ser reparada e que ser-me-á entregue em perfeito estado de funcionamento, como se fosse nova.

Tenho ouvido algumas histórias acerca do serviço de apoio ao cliente de outras empresas de fabricação de máquinas de soldar. Também ouvi dizer que a maioria das grandes empresas de fabricação de máquinas de soldar está agora à altura do desafio. Mas a Miller é quem dita as regras.

[divider top=”1″]

A máquina de soldar TIG é usada em várias indústrias

As pessoas estão bem cientes de que a expressão “soldadura TIG” é um dos principais tipos de solda utilizados em muitas indústrias. Vejamos então, de forma detalhada, em que consiste uma soldadura por arco voltaico com protecção gasosa e eléctrodo de tungsténio (“Tungsten Arc Welding”).

Trata-se de um tipo de fusão em que um arco eléctrico é formado entre um eléctrodo de tungsténio não consumível e o metal a ser fundido. O Tungsténio gera altas temperaturas e tem um elevado poder de fusão bem como uma característica eléctrica superior, razão pela qual, entre outras, é utilizado para o eléctrodo.

Embora a soldadura TIG possa não satisfazer todos os tipos de requisitos de negócio, apresenta muitas vantagens. Quando está a dirigir um negócio de fabricação em que a aparência dos produtos de consumo representa um dos principais aspectos, então a única opção é a soldadura TIG.

Alguns dos trabalhos que exigem requisitos normativos, tais como tubagens, trabalhos com energia nuclear e produtos de consumo de grande visibilidade, requerem que, pelo menos, de acordo com as regulamentações, a principal soldadura na junta de tubagem seja uma soldadura TIG de modo a que se verifique uma coalescência correcta.

Geralmente, não se considera que uma máquina de soldar MIG seja de muito melhor qualidade do que uma máquina de soldar TIG, e este é um facto amplamente aceite no âmbito da tecnologia associada à soldadura. A soldadura TIG é normalmente utilizada para uma fusão de melhor qualidade.

Por exemplo, relativamente a um pequeno trabalho no motor de um carro, feito com alumínio de 3,2 mm, para o qual a soldadura MIG permitiria que o trabalho fosse realizado seguramente de forma mais rápida, a maioria dos engenheiros optará pelo processo de soldadura TIG devido à sua precisão.

Quando uma pessoa tem de fundir um material cuja espessura varia entre cinco a mil polegadas, então é verdade que os métodos comuns possam não ser apropriados e até a soldadura MIG pode não ser adequada visto que se aplicará muito mais calor no metal. Quando tiver de fundir peças metálicas com uma determinada espessura, deverá optar pela soldadura MIG ou pela soldadura com eléctrodos revestidos, visto que estas permitem uma ligação muito mais rápida.

Quando estiver a seleccionar um dispositivo de soldadura TIG, deverá identificar quanta energia e densidade são necessárias para o trabalho a realizar. Também é essencial descobrir o volume de trabalho que tem actualmente em mão e qual o trabalho viável para a soldadura TIG. O seguinte aspecto a ter em consideração é a fonte de alimentação, saber se necessita de uma fonte de alimentação AC ou DC.

Os investigadores e as pessoas experientes dizem que há dois metais, o alumínio e o magnésio, que são melhor fundidos quando se utiliza uma fonte de alimentação de energia AC. Há outros metais, como o aço e o aço inoxidável, que são mais frequentemente fundidos com energia DC.

Quanto a fundir uma grande variedade de metais, poderá usar uma máquina com combinação AC/DC. A soldadura TIG é sobretudo utilizada para soldar vários tipos de ligas de alumínio bem como aço inoxidável, onde é dada mais importância à qualidade. É amplamente utilizada nas construções aeronáuticas, na indústria química e na indústria de energia nuclear.

[divider top=”1″]

A soldadura automática poderá ser muito benéfica para o seu negócio

A indústria automóvel tem adoptado em grande escala a soldadura automática por um longo período de tempo. As capacidades de um robot que executa processos de soldadura fizeram com que o número de unidades aumentasse para mais 120 000 unidades a partir de 2005. O crescimento inicial dos números de unidades robóticas foi limitado pelos elevados custos dos equipamentos e pela aplicação um tanto ao quanto limitada da soldadura automática a cenários de alta produção.

Pouco antes de 2009, o crescimento do número de unidades de soldadura automática atingira 20% do total de todas as aplicações industriais em termos de robots. A unidade de soldadura robótica, membro desta população, é composta por um manipulador e um controlador, o qual diz ao manipulador o que fazer.

A unidade de soldadura pode ser colocada num robot SCARA ou pode ser Cartesiana. Geralmente, o design do conjunto das unidades é tal que a estação de trabalho será integrada noutras estações de trabalho.

A soldadura automática representa uma grande melhoria relativamente aos resultados obtidos através da soldadura manual. A qualidade e a consistência da automação superam, de longe, o que pode ser feito manualmente. As duas principais características que definem a qualidade de uma soldadura são a sua integridade e a sua repetibilidade.

Com uma estação de trabalho com soldadura automática, a integridade da soldadura é produzida através dos controladores electrónicos do processo de soldadura. A repetibilidade de soldaduras de elevada qualidade resulta da combinação dos movimentos repetidos das peças e do maçarico e da reaplicação dos parâmetros de soldadura pelos controladores. Estes dois factores não podem simplesmente ser repetidos num processo de soldadura manual.

Enquanto a estação de trabalho de soldadura pode apresentar de forma regular as peças a serem soldadas, numa classe de tolerância exigida pelo processo de fabricação, as soldaduras apresentarão sempre a mesma qualidade. Os erros humanos e as inconsistências são eliminados através da colocação de peças por um dispositivo robótico. A soldadura manual produzirá, muitas vezes, uma certa percentagem de refugo, o que exige uma reciclagem ou perda de materiais.

Nas operações de soldadura, o trabalho humano é sempre afectado pelo cansaço e por outras inconsistências que contribuem para a necessidade de um controlo de qualidade mais minucioso. O advento da soldadura automática na indústria transformadora reduz os custos de refugo e do exame minucioso levado a cabo no âmbito do controlo de qualidade. A soldadura automática aumenta a produtividade da estação de soldadura. Ter um robot que faça as soldaduras aumenta a segurança na fábrica, enquanto o custo do trabalho realizado é significativamente reduzido. Após a instalação de uma estação de soldadura, uma empresa pode obter um rápido rendimento quanto ao seu investimento.

Existem dois tipos de estações de soldadura que podem ser acrescentados a uma linha de produção, uma estação de soldadura semi-automática e uma estação de soldadura automática. A estação de soldadura semi-automática conta com a presença de um operador cuja responsabilidade consiste em colocar a peça a soldar no dispositivo de fixação da peça.

O movimento crucial do maçarico, o posicionamento constante da peça e o restabelecimento dos parâmetros são levados a cabo pelo operador. Assim que o processo de soldadura é concluído, o operador remove a peça de modo a repetir novamente o mesmo processo. Uma máquina de soldar automática executa todas as tarefas sem a necessidade de haver um operador. Tanto a estação de soldadura semi-automática como a estação de soldadura automática têm tempos de ciclo de trabalho que não dependem de qualquer intervenção humana, pelo que a linha de produção funcionará a uma velocidade constante.

Uma empresa que esteja a despedir vários soldadores exímios da linha de produção ao instalar estações de soldadura automática deverá ter em conta a conservação das capacidades de soldadura. É preciso treino e prática para desenvolver um elevado grau de perícia na soldadura manual. Seria provavelmente uma boa ideia, quanto a determinadas capacidades de soldadura manual, que estas permaneçam exequíveis para um possível uso no futuro. Também é importante para a empresa que esta leve a cabo toda a manutenção necessária na estação de soldadura para mantê-la a funcionar ao melhor ritmo.

Em termos históricos, as empresas não querem envolver-se numa tentativa de utilização de estações de soldadura  automática nas suas linhas de produção devido ao sentimento de que a soldadura é demasiado complexa para ser automatizada. Demasiadas operações de fabricação gastariam uma grande quantidade de dinheiro ao automatizarem outras peças do processo de produção.

A soldadura continuaria a ser um processo manual. Com o passar do tempo e mediante a aquisição de uma melhor compreensão do processo de soldadura, tem havido mais empresas a perceberem os benefícios decorrentes de uma soldadura automática. O custo pode ser um factor restritivo para alguns fabricantes. A montagem de uma estação de soldadura semi-automática pode implicar um custo até 30.000 dólares, ao passo que uma estação de soldadura automática pode custar até 250.000 dólares.

Com esta oscilação em termos de importância, a empresa teria de avaliar o rendimento do investimento que o dispositivo apropriado produziria antes de escolher a qual deles recorreria. É necessário algum tempo de implementação para que qualquer nova estação de trabalho esteja operacional. Uma estação de soldadura manual pode começar a funcionar em poucas horas, enquanto uma estação de trabalho semi-automática poderá estar a funcionar daqui há dois meses. Uma estação de trabalho automática levaria provavelmente cerca de 4 a 5 meses para estar a funcionar.

Nem todas as soldaduras de produção são grandes candidatos para a soldadura automática. As que têm de ter uma alta qualificação são aquelas que podem ser feitas repetidamente, com a mesma soldadura a ser levada a cabo de cada vez. Geralmente, as soldaduras para as quais é necessário que haja qualidade são bons candidatos para a automatização.

As baterias, os filtros de combustível, os solenóides, as caixas de relés, os condensadores, os acessórios de tubagem, e uma grande quantidade de outros produtos que são produzidos, diariamente, em grandes quantidades, são alguns dos produtos propensos ao recurso à soldadura automática. As operações de manufactura que produzem em pequenos lotes serão melhor servidas por estações de soldadura semi-automática do que por estações de soldadura automática.

[divider top=”1″]

Máquina de soldar portátil – Uma vantagem para os soldadores

Muitos operadores precisam de se deslocar de um lugar para outro. Uma máquina de soldar portátil é uma coisa essencial para várias grandes fábricas, visto que os operadores necessitam de se deslocar e que ninguém sabe ao certo onde a máquina de soldar será necessária de uma hora para a outra. É um facto conhecido que o tipo de equipamento adequado para esta função pode poupar-lhe tempo e aumentar a produtividade. Estas unidades são manejáveis e disponíveis e adequadas para todas as aplicações, produções, manutenção, bem como para uma soldadura para uma finalidade específica.

Para fornecer os voltes e amperes necessários à máquina de soldar portátil, esta está ligada a geradores. Para que funcione, é necessário um motor primário, um motor eléctrico ou um motor alimentado por combustível. Visto que alguns locais possuem corrente directa e outros corrente alternada, podem verificar-se muitos problemas com o dispositivo.

Assim, sem a montagem correcta, a máquina não funcionará. Para eliminar este problema, hoje em dia a máquina accionada por um motor primário, alimentada por gasolina, querosene ou gás natural proporciona a melhor solução para uma fonte de alimentação eléctrica consistente e estável.

A Arcon desenvolveu um das máquinas de soldar portátil mais robusta e segura. A Arcon Welding LCC foi fundada em 1999 e é hoje a empresa líder. As suas séries de máquinas de soldadura portáteis de arco eléctrico são consideradas as máquinas de soldar TIG, MIG,  de soldadura com eléctrodos revestidos e de soldadura de pernos por arco mais confiáveis.

São, na verdade, consideradas os companheiros diários para os soldadores profissionais. São as únicas unidades móveis com energia constante no mercado. Foram construídas para a soldadura TIG com um robot industrial com fonte de alimentação de tipo inversor do SCR (Silicon Controlled Rectifier – Rectificador controlado de silício), usualmente chamado tirístor, comprovado com o tempo. É leve e pesa apenas 80 libras, ou seja, cerca de 32 kg. Caracteriza-se por ter um disjuntor e por oferecer 5 zonas de protecção térmica. É resistente à corrosão e tem uma soldadura lisa.

A máquina de soldar por arco da Arcon é a primeira unidade portátil do mercado capaz de soldar pernos até 5/8 polegadas com uma capacidade de corrente actual de 1200 amperes. Permite soldar aço, aço inoxidável e alumínio. Pesa 80 libras e tem 5 anos de garantia anti-corrosão relativa às falhas no ambiente natural.

Vem equipada com controlador de corrente digital e apresenta um sólido revestimento em fibra de vidro para suportar os ambientes naturais mais árduos. A Arcon possui uma máquina de soldar que responde a diversas necessidades e operações. Seleccionou combinações que podem ser melhor utilizadas para as condições de soldadura mais fáceis.

Ao escolher uma máquina de soldar portátil, é importante compreender qual a natureza do trabalho. Um dispositivo de soldadura MIG é muito mais rápido mas o dispositivo de soldadura TIG permitirá uma soldadura de melhor qualidade. Para o fabrico de produtos de consumo altamente visíveis, a unidade TIG é preferível visto que permite uma melhor aparência, ao passo que a unidade MIG ou com eléctrodos revestidos é preferível para metais de fina espessura visto aplicarem mais calor ao metal. Uma simples máquina de soldadura MIG é uma boa escolha para amadores, visto não necessitarem de máquinas de soldadura TIG tecnologicamente sofisticada. Seleccione a máquina consoante as suas necessidades e a natureza de trabalho.

[divider top=”1″]

Conselhos para comprar um equipamento de soldadura usado

Caso seja um soldador experiente e pretenda montar a sua própria oficina de soldadura, poderá equacionar a possibilidade de adquirir um equipamento de soldadura usado. Comprar uma ferramenta em segunda mão para essa finalidade é significativamente importante visto que o crescimento futuro do seu negócio depende da decisão de adquirir um equipamento em segunda mão em bom estado de funcionamento.

Existe uma grande quantidade de tipos de processos distintos que parecem similares à soldadura, mas alguns são mais usuais do que outros. Além disso, há vários factores que podem influenciar a sua decisão quanto  à aquisição de uma determinada ferramenta.

Em primeiro lugar, terá de se decidir relativamente à marca dessa ferramenta, saber se prefere uma ferramenta da Miller, Lincoln, Esab ou Hobar – sendo estas apenas algumas das marcas disponíveis entre as muitas opções disponíveis no mercado actual. A seguir ,deverá escolher entre máquinas multi-processos de soldadura MIG, TIG, por arco com fio fluxado, com eléctrodos revestidos ou optar por adquirir diferentes máquinas para cada processo de soldadura. Outra decisão que pode ter de tomar devido à aquisição de ferramentas em segunda mão para este processo de soldadura é saber se necessita de uma equipamento de corte a plasma, um equipamento de corte por oxigás ou se necessita de um compressor de ar ou de uma rebarbadora eléctrica.

Muitos soldadores profissionais partilham da mesma opinião ao afirmarem que as máquinas multi-processos são difíceis de manusear e pesadas, pelo que é melhor optar por estas máquinas apenas se tiver um tipo de trabalho regular que garanta a sua aquisição. Para uma ferramenta em segunda mão, como uma máquina principal de soldadura MIG e TIG, pode visitar o site e-Bay ou Craig-List para verificar se existe uma pechincha à venda.

Caso a sua oficina possua uma superfície útil limitada, poderá optar por uma mesa dobrável que poderá suspender na parede para ganhar espaço na área da oficina. Relativamente às rebarbadoras eléctricas, poderá optar por rebarbadoras verticais bem como por rebarbadoras angulares de 4 ½ polegadas.

Se a sua oficina estiver situada longe de casa, jamais se arrependerá de adquirir um kit de aquecimento e corte por oxigás. Se estiver a planear comprar ferramentas em segunda mão, recomendamos-lhe que tenha um par de cilindros de árgon – de preferência cilindros que sejam seus (e não alugados). Ter um cilindro de reserva permitir-lhe-á utilizar este cilindro enquanto o cilindro principal está a ser enchido.

Uma vez que há muitas pessoas, que trabalham em fábricas, que realizam trabalhos de soldadura, há muitas ferramentas em segunda mão à venda por aí. E devido ao vasto leque de opções quanto aos equipamentos de soldadura usados, é aconselhável que faça várias pesquisas antes de decidir finalmente que máquina comprar.

Consulte as listas locais de classificados para ver quais os melhores negócios e as fabulosas ofertas em termos de equipamento de soldadura usado. No entanto, como sucede com as demais compras online, deverá certificar-se de que a ferramenta em segunda mão que pretende comprar está em boas condições, sobretudo se necessita de comprar uma ferramenta cara, como, por exemplo, uma máquina de soldar Micro Syncrowave.

Além das pesquisas efectuadas nos classificados, também poderá optar por sites de leilão online, como o site eBay, onde poderá encontrar boas ferramentas em segunda mão. Não se esqueça que ao comprar uma ferramenta em segunda mão online deverá verificar os certificados e homologações dos fabricantes. Além disso, certifique-se, para o seu próprio bem, de que está a adquirir uma ferramenta numa loja online de confiança.

[divider top=”1″]

Iniciar um negócio de soldadura – Como comprar um equipamento de soldadura usado

Uma das coisas que parece deixar confusos os soldadores que pretendem iniciar um negócio de soldadura prende-se com a aquisição de um equipamento de soldar. Há tantas opções disponíveis que é difícil saber por onde começar. E é evidente que não pretende cometer quaisquer erros porque, ao contrário de comprar um carro ou um novo conjunto de tacos de golfe, esta decisão poderá realmente fazer a diferença entre ser bem-sucedido ou falhar.

Por exemplo, deve comprar um equipamento de soldar novo ou um equipamento de soldar usado? Qual é a melhor marca? Miller, Lincoln, Esab, Hobart? Deve adquirir uma máquina multi-processos como a Miller Shopmaster que permite efectuar uma soldadura Tig, Mig, por arco com fio fluxado e com eléctrodos revestido? Ou deve antes comprar máquinas independentes para cada processo de soldadura? Corte por oxi-gás ou corte a plasma? Compressor de ar ou rebarbadora eléctrica? Percebe o que quero dizer?

Este artigo sobre iniciar um negócio de soldadura reflecte meramente uma opinião pessoal, mas fundamenta-se numa experiência sólida, pois, é apenas porque possuo um negócio de soldadura que me considero qualificado para dar a minha opinião sobre como iniciar um negócio de soldadura.

Eis, em poucas palavras, o que eu faria:

Não pense em adquirir máquinas multi-processos como a Miller Shopmaster a não ser que consiga realmente um bom negócio e a use apenas para um determinado processo de soldadura. Perguntar-me-á porquê. É simples, leva muito tempo a trocar de processo de soldadura, bem como as mangueiras, os maçaricos, e os cabos são, francamente, pouco manejáveis.

Para a sua principal máquina de soldar TIG, procure encontrar uma Miller Syncrowave 250 no eBay ou no Craiglist. Se for paciente, poderá encontrar uma com todos os acessórios por 2000 dólares ou menos. Uma pechincha.

Para uma máquina de soldar MIG, consulte novamente o eBay ou o Craiglist à procura de uma Millermatic 250 ou 251.

Algo como cerca de 1000 dólares é um bom negócio. Qualquer coisa por menos é uma trapacice.

Se tiver pouco espaço, uma mesa de soldadura dobrável, ou duas, é aquilo de que precisa. São sólidas e pode pendura-las na parede para tirá-las do caminho.

Pode desenrascar-se, em primeiro lugar, com rebarbadoras eléctricas e adquirir definitivamente um par de rebarbadoras verticais e rebarbadoras angulares de 4 ½ polegadas com uma boa variedade de consumíveis.

Se tiver uma loja e não trabalhar apenas na garagem da sua loja, recomendo-lhe um kit de ferramenta de aquecimento, soldadura e corte por oxigás. É muito útil. Os cilindros custam cerca de 175 cada e o kit de maçarico juntamente com um carro pode custar mais 300, o que perfaz um total de 650 dólares. Mas precisa disso.

De facto, é realmente necessário que tenha um cilindro de reserva para todos os processos de soldadura. Existe, basicamente, dois tipos de cilindros de gás de solda disponíveis: os cilindros alugados, que são os cilindros de grande porte, utilizados na indústria, e os cilindros de compra. Os cilindros de compra têm, geralmente, cerca de 125 pés cúbicos ou cerca de metade da capacidade dos grandes. Recomendo-lhe que compre dois cilindros para tudo.

Por quê? Porque ficar sem árgon no Sábado à noite quando tem de entregar o trabalho na Segunda-feira de manhã não é bom para o negócio. Ter uma garrafa, de compra, extra, não pesará nas suas despesas mensais e fá-lo-á ganhar tempo enquanto o cilindro principal está a ser novamente enchido.

2 árgon, 2 árgon/co2, 2 acetileno, 2 oxigénio a cerca de 175 cada = 8×175=1400 dólares

Eis uma análise detalhada:

  • Máquina de soldar Miller Syncrowave 250 usada: 2000 dólares
  • Máquina de soldar Millermatic 250 or 251 usada: 1000 dólares
  • 8 cilindros de gás: 1400 dólares
  • 4 rebarbadoras 2 verticais, 2 angulares: 500 dólares
  • Kit de oxigás: 300 dólares
  • Máquina de corte a plasma Miller spectrum 375: 1400 dólares
  • 2 Mesas de solda dobráveis: 300 dólares
  •  Total: 6900 dólares

Esta lista é um excelente ponto de partida para iniciar o seu próprio negócio de soldadura

[divider top=”1″]

Onde encontrar as melhoras máquinas de soldar usadas e novas disponíveis online

Por vezes, pode realmente ser difícil encontrar máquinas de soldar à venda, contudo, se tiver os recursos adequados poderá encontrar uma facilmente. Se pretende comprar uma máquina industrial usada ou nova, é preciso saber se aquela que está a comprar é eficiente e, ao mesmo tempo, segura.

Há muitas marcas de máquinas de soldar por onde escolher. Aconselho-o a procurar um equipamento de soldar da Hobart que lhe proporcionará uma soldadura de grande qualidade. Existem também outras empresas que fabricam notáveis equipamentos de soldar, adequados para realizar o trabalho que tem de executar. A melhor forma de encontrar o equipamento de soldar correcto pelo qual está à procura consiste em compará-lo num site como Amazon ou eBay.

Não lhe recomendo comprar o seu equipamento de soldar no Sears ou a partir de anúncios classificados, pois, cobrar-lhe-ão muito dinheiro e não lhe assegurarão quaisquer tipos de garantia de preço ou garantia de segurança, pelo que terá de certificar-se quanto àquilo que adquirir.

Se está a pensar comprar uma máquina de soldar usada, então poderá facilmente encontrar uma na Internet. Se realizar uma correcta comparação de preços, então poderá encontrar exactamente aquilo de que necessita nesses sites. Certifique-se apenas que, independentemente do site onde procederá à compra do equipamento de soldar, este dar-lhe-á 100% de garantia de satisfação. Nunca queira comprar algo na Internet e não ter, a posteriori, a opção de reenviar o artigo à loja.

Se está a pensar comprar uma máquina de soldar, ao levar a cabo esta pesquisa deparar-se-á com vários locais que vendem máquinas de soldar que não são fiáveis. Propõem-lhe um produto e, a seguir, não lhe dão o tipo de garantia de que necessitaria para estar satisfeito, e caso não esteja, de facto, satisfeito, não lhe devolvem o dinheiro investido. Não proporcionar este tipo de satisfação do cliente pode fazer com que uma pessoa se sinta muito insatisfeita quanto à transacção, e isto é algo que deve sempre tentar evitar. É por esta razão que deve efectuar uma vasta pesquisa antes de dar dinheiro por um equipamento de soldar à venda.

Há imensos equipamentos de soldar à venda na Internet. O que precisa saber é quanto está disposto a pagar por uma máquina de soldar. Se estiver disposto a pagar um preço bastante elevado então poderá adquirir uma máquina de soldar nova, mas estará a pagar muito mais do que gastaria se adquirisse uma máquina usada. Um equipamento de soldar usado pode ser tão bom quanto os novos, mas não vêm em embalagens novas e brilhantes e, por vezes, podem trazer menos garantias do que um equipamento de soldar novo. Cabe-lhe a si decidir.

Independentemente da decisão que vier a tomar, quando estiver a comparar máquinas de soldar postas à venda, certifique-se apenas que não está a ser enganado. Como já disse anteriormente, certifique-se de que a empresa lhe oferece 100% de garantia, verifique as especificações de segurança sobre o equipamento de soldar que está a comprar e certifique-se que está a comprar um equipamento junto de uma empresa digna de confiança. Se fizer tudo isto, ficará muito satisfeito com o seu equipamento de soldar.

[divider top=”1″]

Máquina de soldar a laser

Se procura comprar o tipo certo de máquina de soldar a laser, há algumas coisas que precisa saber antes de realizar a compra. A máquina de soldar a laser é um grande investimento que não pode ser levado de ânimo leve. Faça pesquisas e certifique-se de que está a comprar a máquina que melhor se adequa às suas necessidades.

Se usar este tipo de máquina correctamente, poderá realizar todo o tipo de coisas para ajudar a melhorar o seu negócio. Talvez também esteja a equacionar a possibilidade de iniciar um negócio de soldadura a laser, fazendo gravações e esse tipo de coisas. A máquina de soldar a laser é um perfeito complemento para este tipo de negócio. O que pode fazer com esta?

Com uma máquina a laser, pode começar um negócio de gravação. Caso venha a adquirir uma máquina de soldar a laser, deverá ter um computador integrado nessa máquina que o ajudará a realizar os cortes precisos que deverá realizar. Uma das melhores máquinas é a máquina de soldar, da qual não pode passar ao lado, é a laser das tecnologias Star Laser. Trata-se de uma máquina fantástica, pois, encontra-la-á junto da maioria dos fornecedores de máquinas de soldar a laser.

As coisas que pode fazer com a máquina de soldar a laser incluem a possibilidade de realizar gravuras em iPod, pequenos adornos de joalharia e outros presentes que as pessoas parecem gostar. Não há fim à vista para as coisas que pode gravar com a máquina de soldar a laser. A soldadura tornar-se-á algo fácil para si se for paciente e se ler correctamente o manual.

É incrível as coisas que pode fazer com uma máquina a laser em casa. Só tem que instalar uma ventoinha na sua cave, devido ao calor produzido pela máquina, para que esta esfrie, e, a seguir, pode colocar a sua máquina no andar de cima. Por conseguinte, pode trabalhar no conforto do seu escritório utilizando a máquina a laser que faz relativamente pouco barulho. Se está a pensar trabalhar por conta própria, então, é uma boa ideia para si visto que os custos iniciais são um pouco dispendiosos. As máquinas a laser mais caras podem custar até 20.000 dólares, mas não é necessário pagar tanto. Se fizer as pesquisas necessárias, poderá encontrar uma máquina a laser de qualidade por cerca de 500 dólares, quantia que pode ser amortecida como despesa de negócio.

Em conclusão, um equipamento de soldadura pode ser um excelente complemento para qualquer tipo de negócio em casa, sobretudo se pretende escapar à mão-de-obra. Basta fazer as suas pesquisas e comprar uma máquina a laser de boa qualidade e a um preço razoável.

[divider top=”1″]

Máquina de soldar TIG Hobart vs Miller Diversion 165

A Hobart costumava ser um dos nomes com mais peso na indústria de fabrico de máquinas de soldar. O que aconteceu então? A indústria de fornecimento no âmbito da soldadura passou pela compra de partes de determinadas empresas e por fusões, como tantas outras indústrias nos últimos 30 anos. Até as cadeias de fornecimento de equipamentos de soldadura com as quais tenho lidado passaram da Holox, para Linde, para Airgas, nos últimos 7 ou 8 anos. E, sinceramente, tem havido alguns percalços no caminho, mas isso é outra história.

A ITW – Illinois Tool Works possui agora a Miller Electric e a Hobart Welding. A fim de cumprir as normas financeiras sobre monopólios, a Hobart tem vindo a apostar em máquinas de soldar com menos de 250 amperes.

Por outras palavras, o mercado dos amadores.

Será que isso significa que as máquinas de soldar TIG e MIG da Hobart são brinquedos que meramente adequados para biscateiros de fim-de-semana?

Nada disso.

Ora, vejamos, por exemplo, a máquina de soldar STICK e TIG AC/DC TIGMATE. É uma máquina de soldar totalmente funcional que pode soldar alumínio, bem como aço, aço inoxidável e ferro fundido. As especificações da Hobart afirmam que pode soldar alumínio até uma espessura de 3/16, mas, na realidade, com apenas 165 amperes, poderá adormercer enquanto espera que isso aconteça. Com 165 amperes, um alumínio com uma espessura de 1/8” não representa qualquer problema… mesmo com um factor de utilização de 20%. Sobretudo se utilizar uma mistura de árgon e hélio de 50/50.

Os amperes iniciais, baixos e mínimos, para o arco eléctrico, são listados em 20 amperes para a soldadura de aço em DCEN. Pode ser um verdadeiro problema em painéis de carroçaria com uma espessura realmente fina ou tubagens em cromo molibdénio com uma fina espessura.

Isto pode ser ultrapassado através da utilização de uma pequena peça de cobre para iniciar o arco eléctrico.

Já ouviu falar na garantia 5/3/1 da Hobarts? Significa 5 anos para o transformador e os principais componentes, 3 anos para as placas do circuito e interruptores, entre outras coisas, e 1 anos para o equipamento periférico, como os reguladores, o maçarico, etc.. Nada desprezível.

Então, qual é o problema? Este trouxa está catalogado em 167 libras para o peso de expedição. Uau!

Há 20 anos atrás nem teria sequer levantado uma sobrancelha. Mas agora que existem fontes de alimentação invertidas, 167 libras parece realmente muito para uma máquina de soldar TIG de 165 amperes.

O que me faz querer continuar à procura… Assim sendo, vejamos outra opção.

A Miller Diversion 165 é muito comparável à Hobart Tigmte. O ciclo de funcionamento é quase idêntico, os acessórios são os mesmos visto que ambas as máquinas de soldar TIG da Miller e da Hobart vêm com um maçarico, um regulador e tudo aquilo que é necessário para a soldadura TIG, excepto um cilindro de árgon.

Mas a coisa que mais me interessa acerca da Miller Diversion 165 é que tem um início de arco eléctrico mais barato de 10 amperes. Assim, a conclusão a tirar é que a Diversion tem ainda melhor capacidade do que a Hobart TIGMATE e que pesa menos de 1/3 quando muito (cerca de 50 libras), e isso porque a Diversion 165 utiliza a tecnologia de inversão para reduzir significativamente o peso do transformador.

Os preços das 2 máquinas de soldar são quase idênticos, e as garantias muitos similares. Mas o peso e o início do arco eléctrico muito mais barato são suficientes para fazer toda a diferença.
[divider top=”1″]

Máquinas de soldar MIG e factos relacionados

As máquinas de soldar MIG representam uma das formas mais simples de soldar, mas a realização deste tipo de solda requer uma boa prática. Com a ferramenta perfeita e a experiência necessária, poderá realizar soldaduras de excelente qualidade e isso graças a máquinas de soldar MIG.

Utilizações de máquinas de soldar MIG

A soldadura MIG é normalmente utilizada para unir alumínio e outras chapas de metal, basicamente metais mais flexíveis. A soldadura MIG é utilizada nos casos em que não é necessário haver uma elevada energia de difusão e em que as chapas a soldar têm uma espessura de cerca de 1/8 polegadas. Se estiver a trabalhar com chapas mais grossas, é aconselhável optar por um sistema que possa suportar 230 volts. Se está inclinado para um projecto comercial de soldadura, então deve optar por recorrer a instalações com amperes altos, a volta de mais de 200 amperes.

A soldadura MIG justificará uma soldadura de metal de gás inerte. O nome deriva da soldadura que é realizada através da utilização de um gás inerte que funciona como um escudo no sentido de proteger o banho de fusão e que também funciona como um fluxo para a finalidade da soldadura.

Ao realizar uma soldadura com eléctrodos revestidos, o fluxo está contido no eléctrodo ou na vareta de adição, pelo que, nestas circunstâncias, a protecção surge sob a forma de um gás inerte.

Como comprar uma

Tem-se pensado, muitas vezes, que as instalações de soldadura são um pouco caras e que a instalação de um equipamento de soldadura para uso pessoal é algo muito caro e fora do alcance de qualquer indivíduo. Contudo, isto não é verdade. É possível comprar uma máquina de soldar MIG por um par ou uma centena de dólares, e se for para utilizá-la com frequência, então é preferível optar por máquinas de soldar melhores, talvez melhores em termos de utilização e menos dispendiosas, e, quiçá, tornar-se assim a vizinhança predilecta.

Directrizes para a sua utilização

Ao executar uma soldadura com uma máquina de soldar MIG, e caso se utilize um alimentador de arame para o fio de adição, então o resultado final será algo idêntico a uma pinça crocodilo, e isso deve ser aproximado à zona de soldadura. Para as substâncias de maior espessura que estão mais próximas da maquinaria, poderá proceder a um pré-aquecimento. O pré-aquecimento deve ser limitado a 250º F apenas quando estiver a utilizar uma maquinaria menos importante, não adequada para fins comerciais.

Se vier a utilizar o equipamento de soldadura na tomada da sua casa, uma coisa importante a ter em conta é modificar a voltagem dos fusíveis, caso contrário haverá o risco de queimar os fusíveis de cada vez que o utilizar. Também poderá descobrir isso às suas custas…

Se estiver a máquina de soldar MIG pela primeira vez, sem consultar qualquer manual, terá mais probabilidade de cavar um buraco na sua placa/trabalho de soldadura. Mas seja paciente, não desista, com mais alguns furos, é provável que venha a ser um melhor soldador do que quando começou.

Utilizar máquinas de soldar não razão para entrar em pânico, e ao aplicar a estratégia  e conselhos adequados, e ao consultar os manuais e as linhas de orientação disponibilizados, é bastante fácil fazê-lo sozinho.

[divider top=”1″]

Recursos Adicionais

  • Portal da Máquina de Solda  – Maquina de Solda – Classificados com Melhores Preços de Maquinas
  • MercadoLivre Brasil – Maquina solda em Agro, Indústria e Comércio
  • buscape.com.br – Ferro / Máquina de Solda: Pesquise produtos e compare preços
  • Dutra Máquinas – Máquinas de Solda – A mais completa linha
  • TgK Eletrônica – Máquinas de Solda – Micro Solda – Stud – Automação
  • Solenge Soldas – Máquinas de Solda Pinos Stud Weld
  • AlugaMáquinas – Locação de Máquinas e Equipamentos de Solda
  • Twenga.com.br – encontre máquina de solda no Twenga.com.br
  • Submarino – Máquinas de Solda – Ferramentas – Ferramentas Elétricas

[divider top=”1″]

Luis Carlos

Download do artigo completo

 Leave a Reply

(required)

(required)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>